Monthly Archives: Novembro 2013

Campeão de verdade. Campinas só tem 1.


Em Campinas, só o Guarani tem o direito de ter uma estrela no peito.

“Salve índio bravo velho guerreiro, tu és puro brasileiro! Orgulho desta nação” (Osmar Santos)

Isso não se conquista em torneio café-com-leite.

Anúncios

Eddy: O time que perdemos e a manipulação


Na crônica de hoje, Eddy comenta sobre o time perdido pelos esquemas recentes dentro do Guarani e cita os tipos de manipulação que iludem a torcida bugrina.

Texto reproduzido integralmente aqui, sem revisão do blog!

————————–

Olá galera SC TC. (saco cheio com tanta corrupção)

Primeiramente,já que poucos sabem,quero lembrar de nosso jovem goleiro Bugrino fanático o qual encerrou prematuramente a carreira pois foi mandado de graça prá ser reserva de 3 frangueiros do Cruzeiro,numa vingança pessoal por não ter aceito o esquema-mingana e, assim,não prejudicar o Guarani que o estava formando.O goleiro Magélla fechava o gol mais que Émerson e Juliano juntos.
Me ajudem a escalar um time “melhorzinho” que esses arremedos montados irresponsávelmente.
1- Magella
2- Medina
3- Paulo André
4- João Leonardo
5-  Welington Monteiro
6- Oziel (deslocado)
7-Jonas
8- Boschilla
9-Bruno Mendes
10- Netinho
11- Fabinho
Tecnico..Pode ser o Carbone.
Será que daria jogo?São 7 da base que estão por aí em times de ponta ganhando titulos.
E nosso velho Bugre?????????Só pagou a conta.E,olha que tem mais gente fora desta escalação.

Mudando um pouco de assunto prá não pirar afinal, estamos em férias prolongadas vou resumir um assunto que vi num blog inteligente e é muito interessante.

COMO ENGANAR O GRANDE PÚBLICO (Noam Chomsky)

1- A ESTRATÉGIA DA DISTRAÇÃO.
O elemento primordial do controle social é a estratégia da distração que consiste em desviar a atenção do público dos problemas importantes e das mudanças decididas pelas elites políticas e econômicas, mediante a técnica do dilúvio ou inundações de contínuas distrações e de informações insignificantes.

 2- CRIAR PROBLEMAS, DEPOIS OFERECER SOLUÇÕES.
Este método também é chamado “problema-reação-solução”. Cria-se um problema, uma “situação” prevista para causar certa reação no público, a fim de que este seja o mandante das medidas que se deseja fazer aceitar.

3- A ESTRATÉGIA DA GRADAÇÃO.
Para fazer com que se aceite uma medida inaceitável, basta aplicá-la gradativamente, a conta-gotas, por anos consecutivos.

4- A ESTRATÉGIA DO DEFERIDO.
Outra maneira de se fazer aceitar uma decisão impopular é a de apresentá-la como sendo “dolorosa e necessária”, obtendo a aceitação pública, no momento, para uma aplicação futura. É mais fácil aceitar um sacrifício futuro do que um sacrifício imediato. Primeiro, porque o esforço não é empregado imediatamente.

5- DIRIGIR-SE AO PÚBLICO COMO CRIANÇAS DE BAIXA IDADE. A maioria da publicidade dirigida ao grande público utiliza discurso, argumentos, personagens e entonação particularmente infantis, muitas vezes próximos à debilidade, como se o espectador fosse um menino de baixa idade ou um deficiente mental.

6- UTILIZAR O ASPECTO EMOCIONAL MUITO MAIS DO QUE A REFLEXÃO.
Fazer uso do aspecto emocional é uma técnica clássica para causar um curto circuito na análise racional, e por fim ao sentido critico dos indivíduos. Além do mais, a utilização do registro emocional permite abrir a porta de acesso ao inconsciente para implantar ou enxertar idéias, desejos, medos e temores, compulsões, ou induzir comportamentos…

7- MANTER O PÚBLICO NA IGNORÂNCIA E NA MEDIOCRIDADE.
Fazer com que o público seja incapaz de compreender as tecnologias e os métodos utilizados para seu controle e sua escravidão.

8- ESTIMULAR O PÚBLICO A SER COMPLACENTE NA MEDIOCRIDADE.
Promover ao público a achar que é moda o fato de ser estúpido, vulgar e inculto…

9- REFORÇAR A REVOLTA PELA AUTOCULPABILIDADE.
Fazer o indivíduo acreditar que é somente ele o culpado pela sua própria desgraça, por causa da insuficiência de sua inteligência, de suas capacidades, ou de seus esforços. Assim, ao invés de rebelar-se contra o sistema econômico, o individuo se auto-desvalida e culpa-se, o que gera um estado depressivo do qual um dos seus efeitos é a inibição da sua ação. E, sem ação, não há revolução!

10- CONHECER MELHOR OS INDIVÍDUOS DO QUE ELES MESMOS SE CONHECEM.
No transcorrer dos últimos 50 anos, os avanços acelerados da ciência têm gerado crescente brecha entre os conhecimentos do público e aquelas possuídas e utilizadas pelas elites dominantes.

Para ver detalhadamente: http://chicodias.wordpress.com/2012/05/28/como-enganar-o-grande-publico/

Vale a pena também pesquisar Marketing de Guerrilha e Marketing de Factóides.
Sabendo-se usar a internet teremos informações sobre o quê percebemos mas não conseguimos distinguir ,inclusive em eleições fraudulentas,pesquisas encomendadas e criação de situações ruins pelos demônios ,suas caras de pau e o público perdido em tantas noticias ruins fica buscando na mente nomes do passado que também fazem parte do jogo dos demônios causando a impressão que os mesmos de sempre,envolvidos uns com os outros podem ter o antídoto para o irremediável.
É assim na “politica”,não é?E fóra os covardes que pedem benção aos demônios (parágrafo 6 acima)

Voltando às férias Bugrinas quero mais uma vez agradecer aos colaboradores quando no Bugremidia lançamos aquela campanha pro Derby da vergonha e, como os minguados salários dos funcionários estão atrasados,creio teremos que repetir mas com outra fórmula e mais uma vez a grande imprensa do País dar destaque à nossa torcida e repudiar os que deixaram e insistem em deixar o Guarani numa situação que já poderia ter sido sanada com Bugrinos de verdade cuidando do Bugrão.
(É vero que não se deve divulgar fórmulas e táticas em espaço publico prá não deixar idéias a quem não merece)

1470011_424659184327015_669987941_n

Eddy e sua arma secreta, o Bigulí, que um dia vai conhecer o Mingana 🙂

%d bloggers like this: